Ouça a Nossa Web Radio

Anuncie aqui

Anuncie aqui

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Deputadas se unem contra a violência de gênero e lançam campanha 16 dias de Ativismo

[Deputadas se unem contra a violência de gênero e lançam campanha 16 dias de Ativismo]
Foto: Reprodução

Em uma ação organizada pela Comissão dos Direitos da Mulher, bancada feminina e Assembleia de Carinho, da Assembleia Legislativa da Bahia, as deputadas estaduais lançam nesta quarta-feira (22), às 9h, a campanha mundial ‘16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher’.

A campanha é uma mobilização internacional, realizada anualmente entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro. Além do lançamento na Alba, está prevista a realização de duas audiências públicas: uma no Território da Bacia do Jacuípe, dia 24 de novembro e outra na Ilha de Itaparica, dia 6 de dezembro.

A realidade é assustadora: a cada 7.2 segundos uma mulher é vítima de violência física no Brasil. “O quadro de violência contra a mulher - seja física, sexual ou psicológica -, é alarmante e requer uma atenção mais que especial do Poder Legislativo. Aproveitamos essa mobilização mundial de enfrentamento à violência de gênero para fazer a nossa parte enquanto parlamentares”, explicou a deputada Luiza Maia (PT), presidente do colegiado dos Direitos da Mulher. 

Para a líder da Bancada Feminina, deputada Neusa Cadore (PT), o contexto nacional de retrocessos, de perda de direitos e o desmonte das políticas públicas de prevenção e combate a esse tipo de crime, têm contribuído para agravar o quadro de violência doméstica no país: “Neste momento, precisamos reforçar as nossas estratégias de luta e aprimorar a legislação para que possamos enfrentar esse problema”.

O ato vai contar com a participação do presidente da Casa, deputado Angelo Coronel (PSD), lideranças políticas, secretárias de Estado, representantes do Judiciário, movimentos de mulheres e a Ronda Maria da Penha. As parlamentares vão aproveitar a data para pautar com o chefe do legislativo estadual a aprovação de projetos de lei voltados ao fortalecimento dos direitos da mulher.


Por Redação Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário