Anuncie aqui

Anuncie aqui

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Sobe para 31 o número de cidades atingidas pelas chuvas e enchentes em PE, informa governo

Novo balanço foi divulgado no fim da noite de quarta-feira (31). Vinte e quatro municípios estão em emergência e cinco pessoas morreram, sendo duas no Recife e três no interior. Número de pessoas fora de casa teve redução.

Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, registrou maior chuva desde 1982 (Foto: Reprodução/TV Globo)
governo de Pernambuco divulgou, no fim da noite de quarta-feira (31), novo balanço sobre as consequências das chuvas e enchentes. Segundo a Defesa Civil, subiu para 31 o número de cidades afetadas. Desse total, 24 municípios estão em situação de emergência decretada pela administração municipal e reconhecida pelo governo federal. Cinco pessoas morreram no estado. Dois óbitos ocorreram no Recife, dois em Lagoa dos Gatos e um em Caruaru, no Agreste.

De acordo com o boletim do governo pernambucano, sete cidades foram incluídas na lista de municípios atingidos pelas chuvas e enchentes. São elas:

  • São Joaquim do Monte
  • Altinho
  • São José da Coroa Grande
  • Cupira
  • Escada
  • Bonito
  • Gravatá

O balanço mostra também a redução no número de pessoas fora de casa. Na quarta-feira, eram 43. 285 moradores prejudicados. Desse total, 39.725 saíram das residências temporariamente e 3.560 perderam as moradias. Anteriormente, o governo informou que 55,1 mil pessoas tinham sido obrigadas a deixar as habitações.


Donativos são recolhidos para entregar a vítima das chuvas na Mata Sul (Foto: Renato Ramos/TV Globo)
Donativos

Na quarta, o governo informou ter entregue. 33 toneladas de alimentos, 11 mil litros de água, quatro toneladas de kits de higiene e limpeza, além de 5 toneladas de roupas e 1.030 kits dormitórios. Foram contemplados municípios do Agreste e da Zona da Mata, que estão em emergência. São eles:

  • Amaraji
  • Água Preta
  • Barra de Guabiraba
  • Barreiros
  • Belém de Maria
  • Caruaru
  • Catende
  • Cortês
  • Gameleira
  • Ipojuca
  • Jaqueira
  • Joaquim Nabuco
  • Jurema
  • Lagoa dos Gatos
  • Maraial
  • Palmares
  • Primavera
  • Quipapá
  • Ribeirão
  • Rio Formoso
  • São Benedito do Sul
  • Sirinhaém
  • Tamandaré
  • Xexéu

Nesta quinta-feira (1º), o governo anuncia o começo de uma nova fase de limpeza nas áreas afetadas. A instalação do hospital de campanha, em Rio Formos, na Mata Sul, também será iniciada. Ao todo, cerca de 250 atendimentos serão realizados por dia após a instalação da estrutura pelo Exército.

Solidariedade

Para ajudar as famílias que perderam praticamente tudo nas enchentes, diversas instituições e entidades realizam arrecadação de alimentos não perecíveis e objetos de higiene pessoal. Há pontos de coleta no Recife, em Olinda e nos 15 campi do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Entenda as fortes chuvas

No Nordeste, as chuvas ocorrem por causa de um fluxo de vento que vem do oceano carregado de ar úmido, formando nuvens carregadas na costa e na Zona da Mata. De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, trata-se de um sistema chamado onda de leste, comum nesta região no outono e inverno.


Por G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário