Anuncie aqui

Anuncie aqui

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Rodoviários da empresa Cidade Alta paralisam atividades nesta sexta-feira

A categoria reivindica o pagamento dos vales-alimentação, atrasados desde o dia 5. Cerca de 400 trabalhadores participaram da mobilização.

Foto: Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (9), motoristas e cobradores da empresa Cidade Alta não saíram da garagem, no bairro de Rio Doce, em Olinda, no Grande Recife, até cerca de 8h. A paralisação foi realizada devido ao atraso no depósito dos vales-alimentação da categoria, que deveria ter sido depositado desde o último dia 5, de acordo com o Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana. Ainda segundo o sindicato, a mobilização abrangiu cerca de 400 trabalhadores rodoviários, entre cobradores e motoristas (veja vídeo acima).

O tesoureiro do sindicato, Severino de Jesus, afirmou que a mobilização foi deliberada em assembleia, após a empresa afirmar que só repassaria os valores na próxima terça-feira (13). “Não é a primeira vez que atrasa e a categoria não quer mais esperar. Foi decidido que os motoristas e os cobradores só voltariam à ativa depois que os vales forem liberados”, disse.

A empresa Cidade Alta Transportes faz parte do Consórcio Conorte, junto com a Transportadora Itamaracá e a Rodotur Turismo. De acordo com os rodoviários, as outras duas empresas já teriam repassado os R$ 225 referente ao pagamento dos vales.

Em nota, a a assessoria do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) afirmou que o atraso no pagamento do tíquete alimentação é devido a um atraso no pagamento do Governo do Estado ao Consórcio Conorte, de mais de R$ 20 milhões de reais. O órgão disse, ainda, que o governo prometeu pagar ainda nesta sexta-feira o valor de R$ 330 mil, para que a Cidade Alta regularize a situação.

Ainda de acordo com o tesoureiro do Sindicato dos Rodoviários, a categoria aceitou a proposta do governo, de receber uma parte do valor nesta sexta-feira, e voltou às atividades às 8h.


Por G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário