Anuncie aqui

Anuncie aqui

domingo, 4 de dezembro de 2016

Linha 2 do metrô amplia integração com ônibus urbanos a partir de segunda (5)


A Linha 2 do metrô de Salvador - que liga a Estação Acesso Norte à rodoviária-, começa a operar nesta segunda-feira (5) integrada ao sistema de transporte dos ônibus urbanos. Desde que entrou em vigor a integração do metrô com os ônibus da capital baiana, houve um aumento de 120% no número de passageiros no metrô, cuja capacidade total é de transportar até 200 mil passageiros por dia. 

Ao Bocão News, o titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado, Carlos Martins, afirma que a integração significa uma mudança de cultura. “Quando o metrô chega em várias cidades, o empresário de ônibus vê como elemento de competição, concorrente. Mas depois ele vai ver que o metrô integrado ao sistema de ônibus, e eu sempre digo isso, o melhor negócio para empresa de ônibus é o metrô. Às vezes a gente tem uma linha que anda 70 a 80 quilômetros, leva o passageiro numa média de até três horas, e isso representa custo alto para o empresário e insatisfação para o usuário. Quando você consegue fazer uma integração ônibus metrô, reduz os custos pela metade, às vezes até mais, e promove a satisfação com tempo de trajeto. É um jogo de ganha ganha”, argumenta. 


Atualmente, 19 linhas metropolitanas são integradas ao metrô na Estação Retiro, contemplando os municípios de Dias D’Ávila, Mata de São João, Candeias, Simões Filho, Camaçari, Madre de Deus, São Sebastião do Passé e Lauro de Freitas.


O benefício abrange todas as linhas de ônibus da Região Metropolitana que chegam a Salvador via BR-324 com destino à Lapa, e ainda linhas cujo destino final é o Terminal da França ou Pituba, possibilitando que o usuário siga viagem de metrô sem pagar nada a mais. A integração é validada mediante uso do cartão do metrô ou Metropasse por um período de três horas. Já a integração com os ônibus urbanos envolve, 253 linhas que fazem a conexão com o metrô no Retiro, Acesso Norte, Lapa e Pirajá, representando cerca de 76% das linhas urbanas que tangenciam a Linha 1.

“Evidentemente que nós ainda estamos numa fase inicial da integração ônibus-metrô. Temos feito reunião com prefeitura, empresários, mostrando a eles a necessidade da integração. No trecho da Linha 1 com Pirajá/Lapa já temos um número considerável de ônibus integrados. E agora, com a Linha 2, nós precisamos ampliar isso. Nós já estamos trabalhando firmemente com a prefeitura para que a gente possa de forma integrada ônibus- metrô beneficiar empresários e beneficiar mais ainda a população”, afirma o secretário.

O secretário estadual acrescenta também que a nova infraestrutura está preparada para integrar com o BRT (Bus Rapid Transit) em Salvador. “Agora, o BRT ainda não existe. Ainda está no papel. É um projeto. Mas na estação rodoviária, que nós fizemos, o terminal do metrô já está adequado em meios físicos para receber o BRT”, explica.

A integração entre os trens das Linhas 1 e 2 do metrô será feita na estação Acesso Norte 2. Segundo a CCR Metrô, que administra o sistema, o usuário que deseja ir para alguma estação da Linha 2 terá que desembarcar do trem para fazer a baldeação, saindo da Plataforma 1 para a Plataforma 2, pegando um novo trem para seguir o trajeto. Já a Linha 1, que liga a Estação da Lapa à Pirajá, tem funcionado com integração aos ônibus urbanos e metropolitanos desde janeiro.

A integração é válida em três formatos: ônibus-metrô, metrô-ônibus e ônibus-metrô-ônibus. Os ônibus estão identificados com um adesivo de integração no para-brisa e nas laterais (azul para metropolitanos e vermelho para urbanos)

Serviço 
A operação da Linha 2 terá o mesmo horário de funcionamento da Linha 1, das 5h à meia-noite, inclusive em feriados e nos finais de semana, com tarifa de R$ 3,30. No metrô, o usuário pode utilizar o cartão da CCR Metrô Bahia, SalvadorCard e Metropasse.


Por Adelia Felix
Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário