Anuncie aqui

Anuncie aqui

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Sérgio Cabral é preso pela PF, acusado de desviar R$ 224 milhões

Ex-governador do Rio de Janeiro é alvo de prisão preventiva.


Agentes da Polícia Federal estão neste momento no apartamento do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que é alvo de prisão preventiva. Eles chegaram em seu imóvel no Leblon, Zona Sul do Rio, um pouco antes das 6h. A operação batiazada de 'Cacilute' é considerada um braço da operação Lava Jato.

Calicute é uma região da Índia onde o descobridor do Brasil, Pedro Álvarez Cabral, teve uma de suas maiores tormentas.

São ao todo 38 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva, dois de prisão temporária e 14 conduções coercitivas.

Além de Cabral, são alvos da operação o ex-secretário de Governo Wilson Carlos, o ex-secretário de Obras Hudson Braga, o ex-assessor do governador Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, o Carlinhos, ex-marido de uma prima de Cabral.

Todos os alvos de prisão preventiva deverão ser levados para a Superintendência da PF no Rio, e após prestarem depoimento, serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exames de corpo de delito.

Cabral e outras oito pessoas ligadas ao peemedebista são acusados de liderar um grupo que desviou cerca de R$ 224 milhões em contratos com diversas empreiteiras, dos quais R$ 30 milhões referentes a obras tocadas pela Andrade Gutierrez e a Carioca Engenharia. 


POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário