Anuncie aqui

Anuncie aqui

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Nomeação de Jaques Wagner deixa Rui Costa na mira da Justiça, diz colunista


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), corre o risco de responder por obstrução à Justiça, caso confirme o ex-ministro Jaques Wagner (PT) como seu secretário. A informação foi divulgada pelo colunista Claudio Humberto.

Segundo a publicação, a manobra é idêntica à nomeação de Lula ministro. Assim como anulou o ato de Dilma, diz um ministro do STF, se for provocado, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve invalidar a nomeação de Wagner.

O ato pode render ação penal por crime de obstrução. Com a nomeação, Jaques Wagner ganha foro privilegiado na Operação Lava Jato. Como secretário de Estado, Jaques Wagner terá de ser processado e julgado no âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ainda segundo o colunista, amigos de Rui Costa afirmam que o PT e o próprio Wagner, que o inventou como candidato a governador, pressionam pela nomeação.


Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News
Por Redação Bocão News (@bocaonews)

Nenhum comentário:

Postar um comentário