Anuncie aqui

Anuncie aqui

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Moradores de Fernando de Noronha fazem cirurgias plásticas de graça


Os moradores de Fernando de Noronha podem fazer  cirurgias plásticas reparadoras sem precisar pagar nada. O atendimento está realizado  até quinta-feira (3), no Hospital São Lucas (foto acima). A expectativa inicial era atender 30 pessoas por dia, mas por conta da grande procura este número foi ampliado para 50 pacientes. Estão sendo feitos procedimentos cirúrgicos para retirada de tumores e sinais, correção de orelha de abano (otoplastia), levantamento de pálpebras, mamilo invertido, entre outros.

O trabalho é o resultado de uma parceria firmada entre a Administração da Ilha e o Hospital Oswaldo Cruz. “Nós ainda não identificamos nenhum caso suspeito de câncer, mesmo assim enviamos o material de todos os pacientes para biopse no continente, o objetivo é  descartar qualquer patologia maligna. Quando é necessário  fazer uma cirurgia reparadora, ou reconstrutiva de grande porte, nós encaminhamos para o Hospital Osvaldo Cruz, no Recife”, informou o   chefe do Departamento de Cirurgia Plástica do Oswaldo Cruz, Rodrigo Quintas.

A equipe conta com seis especialistas,  a ilha não existem profissionais na área de cirurgias plásticas. Esta é a sexta vez que a equipe do Hospital Oswaldo Cruz faz o trabalho em Noronha. O atendimento está sendo feito nos pacientes já passaram por uma triagem, mas ainda é possível encaixe. Para isso é preciso passar por uma avaliação médica, que está sendo feita até quinta feira no São Lucas , das 08h às 13h.

O dentista Carlos Edurado aproveitou para ser atendido 
(Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo)

Quem já garantiu o atendimento aprovou a realização do  trabalho na ilha. “ Eu fiz a retirada de quatro sinais, eu já havia sido atendida por esta equipe em outras visitas, é muito bom” , falou Cleonice Nascimento. “É a primeira vez que sou recebo este atendimento, é ótimo porque eu não tinha oportunidade de ir ao continente para fazer a cirurgia”, contou Joana Fragoso. “Eu fui atendida por esta equipe no Hospital Oswaldo Cruz, no Recife, e agora estou fazendo a reparação aqui em Noronha, isso é muito bom”, avaliou Maria Conceição Silva.

Maria e Joana (filha e mãe) foram atendidas 
(Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo)


Por Ana Clara Marinho
Do G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário