Anuncie aqui

Anuncie aqui

domingo, 30 de outubro de 2016

GERAÇÃO RENOVÁVEL DEVE CRESCER 8% NA MATRIZ BRASILEIRA EM 2016

hidreletrica LightA geração de energia renovável deve ter uma forte alta em 2016, comprada a 2015. A previsão faz parte do Boletim Mensal de Energia, elaborado pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, que indica uma tendência de alta de quase 8% na geração renovável este ano.
Nas contas do governo, as fontes renováveis vão atingir uma participação de 83,4% (70,3% de hidráulica, 8,5% de biomassa, 4,5% de eólica) na matriz nacional até o fim deste ano, ante uma participação de 75,5% em 2015.
Se for considerada toda a oferta interna de energia brasileira – incluindo combustíveis etc – a estimativa para 2016 é que as renováveis venham a contribuir com 43,5%, indicador também superior ao verificado em 2015, de 41%.
O boletim aponta que a fonte hidráulica é a que mais se destaca, elevando sua participação de 64% (2015) para 70,3% (2016) na matriz de oferta de energia elétrica, e de 11,3% para 12,7% na matriz de oferta interna de energia. A energia eólica, na matriz elétrica, deve subir um ponto percentual, passando de 3,5% (2015) para 4,5% (2016), o que representará uma geração perto de 30 TWh neste ano. Já para a biomassa, a previsão é que passe de 8% (2015) para 8,5% (2016), também na matriz elétrica.
A oferta de energia hidráulica cresceu 9,7% de janeiro a agosto de 2016. Já a produção de petróleo e a de gás natural também apresentam taxas positivas de crescimento no ano, de 0,8% e 4,6% respectivamente. Considerando apenas as taxas ocorridas em agosto, sobre igual mês de 2015, a produção de petróleo cresceu 2,8% e a de gás natural 9,5%, ambas superiores às verificadas no acumulado do ano.

FONTE: Petronotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário