Anuncie aqui

Anuncie aqui

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Posto Moxotó em Jatobá acabou de ser assaltado

Na noite desta terça-feira (15) por volta das 20h30 o Posto Moxotó que fica situado na BR 110 na entrada de Jatobá foi assaltado. Segundo informações eram 03 assaltantes em um Fiat Uno Prata.

Os assaltantes ainda segundo informações estavam armados com um Rifle e uma 12 de dois canos, os mesmos anunciaram o assalto renderam os clientes e funcionários, porém só levaram todo o dinheiro que havia no Posto, a quantia não foi informada.

Após o assalto os marginais seguiram sentido a ETA, chegando lá abandonaram o veículo e provavelmente fugiram em outro carro que já os estava esperando.

A Polícia Militar foi acionada, esteve no local e está fazendo incursões na Região na tentativa de localizar os meliantes.

Por Portal Jatobá

Mais Médicos não preenche vagas e fará nova chamada

Os postos disponíveis serão abertos em uma próxima etapa prevista para os dias 23 e 24 de janeiro.

Mais Médicos não preenche vagas e fará nova chamada
© REUTERS/Fernando Medina
Cerca de 18% das vagas disponíveis para o Programa Mais Médicos não foram preenchidas desde que o governo de Cuba saiu do programa de cooperação com o Brasil. De acordo com o G1, ao todo 7057 vagas foram preenchidas de um total de 8517, cerca de 82% das posições oferecidas pelo Ministério da Saúde.

Os postos disponíveis serão abertos em uma próxima etapa prevista para os dias 23 e 24 de janeiro destinadas a profissionais brasileiros que se formaram no exterior.

Dentre os 1707 médicos que se inscreveram na última chamada, apenas 1089 compareceram aos locais escolhidos. Os postos não preenchidos foram somados aos 842 que haviam sobrado anteriormente, gerando um total de 1460 vagas em aberto.

Ainda de acordo com o G1, se as vagas não forem preenchidas em sua totalidade nesta próxima etapa, elas serão reabertas nos dias 30 e 31 de janeiro para médicos estrangeiros.


POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Bolsonaro: decreto devolve ao povo liberdade de decidir sobre armas

O presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, durante cerimônia de assinatura do decreto que flexibiliza a posse de armas no país.
Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro disse que o decreto assinado hoje (15), no Palácio do Planalto, devolve à população a liberdade de decidir sobre a compra de armas de fogo. “Por muito tempo, coube ao Estado determinar quem tinha ou não direito de defender a si mesmo, à sua família e à sua propriedade. Hoje, respeitando a vontade popular manifestada no referendo de 2005, devolvemos aos cidadãos brasileiros a liberdade de decidir”, afirmou.

Bolsonaro usou o Twitter para reforçar o discurso que fez no fim da manhã, ao assinar o decreto. Na rede social, o presidente afirmou que o decreto “respeita a vontade popular” expressa no referendo de 2005.

Naquele ano, os brasileiros foram às urnas para decidir se o comércio de armas deveria ser proibido. Na ocasião, o voto “não” venceu, com a população decidindo por manter o comércio de armas com as restrições que já vigoravam à época.

O presidente também lembrou o dispositivo que aumenta para dez anos o prazo para renovação de armas de fogo. “Além das inúmeras iniciativas tomadas nestes primeiros dias de governo, aumentamos de três [e cinco anos] para 10 anos o prazo para a renovação da posse da arma de fogo e acabamos com a subjetividade para a compra, que sempre foi dificultada ou impossibilitada. Esse é apenas o primeiro passo!”.


O decreto anterior estabelecia que o registro deveria ser renovado a cada três anos, nos casos em que o Exército é responsável pela expedição, e a cada cinco anos, nas situações sob responsabilidade da Polícia Federal. O decreto publicado hoje unifica esses prazos em 10 anos.


Edição: Juliana Andrade
Marcelo Brandão - Repórter
Por Agência Brasil

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Motorista de ônibus suspeito de estuprar enteada de 13 anos é preso no Grande Recife

Após ser preso durante o horário de trabalho no Terminal de Caetés I, em Abreu e Lima, homem foi levado para a Delegacia de Paulista.

Mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia de Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/Google Street View
Mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia de Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/Google Street View
Um motorista de ônibus suspeito de estuprar a enteada de 13 anos em Paulista, no Grande Recife, foi preso nesta terça-feira (8). Segundo o delegado Ricardo Silveira, a prisão ocorreu no Terminal de Caetés I, em Abreu e Lima, também na Região Metropolitana, durante o horário de trabalho do condutor.

O mandado de prisão foi cumprido durante a manhã pela Delegacia de Paulista. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem preso tem uma filha de 11 anos de idade, que era constantemente agredida por ele. Apesar disso, inicialmente, não há indícios de que ele a estuprava, segundo a corporação.

O motorista, que não teve o nome ou idade divulgados, responde por estupro de vulnerável. Outros detalhes sobre o caso são informados pela Polícia Civil em uma coletiva de imprensa no Recife na quarta-feira (9).

Outros casos

No dia 21 de dezembro de 2018, um professor americano de 55 anos foi preso por suspeita de estuprar duas garotas, de 11 e 14 anos, no Recife. Segundo a Polícia Civil, o estrangeiro pagou R$ 350 à mais nova e o crime foi cometido em um flat localizado em Boa Viagem, na Zona Sul da cidade. A polícia acredita que ele esteja envolvido em uma rede de prostituição infantil.

Nesta terça-feira (8), os pais de uma das garotas foram indiciados por abandono de incapaz, por saberem que ela recebia dinheiro de um "amigo gringo".

Um homem de 56 anos foi preso em flagrante, em Olinda, na segunda-feira (7), por estuprar uma menina de 11 anos. De acordo com a Polícia Civil, o criminoso, que não teve o nome divulgado, tentou fugir e foi detido e agredido por moradores da região.


Por G1 PE

domingo, 6 de janeiro de 2019

Morre aos 57 anos Gildo Xavier, blogueiro de Petrolândia, PE


Notícia Triste: Faleceu na tarde deste domingo (6) vítima de infarto, o blogueiro de Petrolândia, Gildo Xavier, 57 anos, mais conhecido por Gildo do PT.

A notícia da confirmação da morte do blogueiro se deu no início da noite deste domingo (6), onde segundo informações o mesmo estava internado com complicações nos rins, em um hospital em Petrolina, em torno de vinte(20) dias.

Gildo do PT como era conhecido, foi um dos idealizadores do Partido dos Trabalhadores (PT) em Petrolândia, e escrevia para o Blog do Gildo do PT [, e já por algum tempo atrás para o Face Blog Gildo Xavier, onde de maneira peculiar transmitia informações, criticas e homenagens diárias a aniversariantes de Petrolândia e região.

A família enlutada recebam os nossos sinceros sentimentos!

Em breve divulgaremos maiores informações sobre o velório e sepultamento do blogueiro Gildo.

Vereador Evaldo Nascimento com o blogueiro Gildo Xavier/Foto: Alex Santos

Por Redação/Fotos: Reprodução do Facebook e Alex Santos
Por Blog Petrolândia Notícias

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Irmão de ex-candidato a prefeito de Água Branca some após briga com a mulher

Eraldo Campos entrou em um matagal e não mais deu notícias à família

Eraldo Campos sumiu na madrugada dessa terça após desentendimento com a esposa FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Um homem de Quixabeira, zona rural de Água Branca, Sertão de Alagoas, está desaparecido desde a madrugada dessa terça-feira (1). Eraldo Campos teria se desentendido com a esposa, quando, em um surto, acabou entrando em um matagal próximo a sua casa e sumiu.

Segundo informações passadas por familiares, o homem teria desaparecido por volta das 4h da manhã e seu paradeiro permanece desconhecido até então. Eraldo é irmão do ex-candidato a prefeito de Água Branca, Paulo Campos.

Amigos e familiares iniciaram campanhas nas redes sociais em busca de mais informações a respeito do caso. Quem tiver informações a respeito do caso, deve entrar em contato pelo número (82) 99983-0987 (WhatsApp).


Por Portal Gazetaweb.com

domingo, 30 de dezembro de 2018

Professora Homenageada do mês de Dezembro, Araci Fernandes recebe os parabéns da Associação Ponto do Bem Hildebrando Capistrano


Araci Fernandes Barbosa, 47 anos, nascida em 04/02/71 na cidade de Santo Amaro - SP, filha de Adelmar  Fernandes Barbosa e Maria Helena da Silva, descendente indígena do povo PANKARARU, aldeia Brejo dos Padres, cheguei em Petrolândia no ano de 1975, tenho duas filhas: Maria Clara Fernandes Barbosa Freire e Maria Eduarda Fernandes Barbosa Freire. 


Sou formada em pedagogia, com especialização em psicopedagogia, ambas na Universidade de Pernambuco - UPE.   Sou servidora da Prefeitura Municipal de Petrolândia desde 1993 ocupando cargo comissionado, em 2007 prestei concurso público para professora, sendo nomeada em 28 de fevereiro de 2008, mais permaneci em cargo comissionado até julho de 2015. 

Em agosto de 2015 resolvi assumir meu concurso, sendo lotada na Creche Municipal Criança Feliz, onde descobrir que ser professor é muito mais do que exercer uma profissão, é uma vocação, uma missão a qual sigo muito feliz e realizada.






PONTO DO BEM HILDEBRANDO CAPISTRANO

Responsáveis pela posse dizem que "a festa está pronta e será segura”

Último ensaio para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro.
José Cruz/Agência Brasil
Sob um forte esquema de segurança, a equipe responsável pela cerimônia de posse de do presidente eleito, Jair Bolsonaro, realizou hoje (30), na Esplanada dos Ministérios, o último ensaio para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro. 

Após o ensaio, o atual ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, disse que os preparativos para a cerimônia estão prontos e que não houve grandes alterações em relação ao previsto no primeiro ensaio.

“A festa está pronta, será segura e certamente vamos ter um dia primeiro para coroar o processo democrático que se iniciou lá atrás no primeiro turno [das eleições] no dia 7 de outubro”, disse o ministro durante coletiva com jornalistas. 

Questionado se já havia uma decisão sobre a utilização do desfile em carro aberto no tradicional Rolls-Royce, Etchegoyen disse não haver decisão sobre o uso do automóvel e que dependerá da vontade do presidente eleito.

No primeiro ensaio, realizado no último domingo (23), o dublê que interpretou Bolsonaro fez o trajeto da Catedral Metropolitana até o Congresso em carro aberto. No ensaio deste domingo, o desfile foi realizado em carro fechado.

“A decisão do carro aberto ou fechado será decidida pelo presidente da República em conversa com o general [Augusto] Heleno [futuro comandante do GSI], já no dia da posse e conforme as circunstâncias indicarem”, afirmou. “A nossa responsabilidade, a minha e a do general Heleno, é garantir que a vontade de 58 milhões de brasileiros se concretize e para isso é preciso dar segurança”.

Etchegoyen voltou a afirmar que são esperadas para a posse entre 250 a 500 mil pessoas. O ministro disse também que não há confirmação sobre a realização de uma cerimônia ecumênica na Catedral de Brasília.

“Somos um país grande, com significado no mundo, uma democracia importante que vai comemorar a posse de um presidente eleito. A nossa responsabilidade é apenas garantir que a festa esteja segura”, repetiu. “Toda posse é um período de esperança, independente de quem esteja assumindo, a posse é sempre um momento de esperança. Essa festa tem que ser garantida com as melhores condições de segurança”.

Último ensaio para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro.
Último ensaio para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro - José Cruz/Agência Brasil
Ensaio

O ensaio de hoje fez o mesmo trajeto que Bolsonaro deve seguir no dia primeiro de janeiro. Pouco depois das 14h30, o dublê do presidente eleito e a comitiva presidencial, com cavalos e policiais em carros e motos, saíram da Catedral em direção ao Congresso Nacional.

Além do desfile em carro fechado, desta vez o público não teve acesso ao ensaio. O acesso à Esplanada foi interditado na altura da Rodoviária de Brasília, com bloqueio aos ministérios e à Praça dos Três Poderes.

Pelo cronograma, o desfile do cortejo presidencial da catedral até o Congresso ocorrerá por volta das 14h45, com previsão de início da sessão solene de posse no Plenário da Câmara dos Deputados às 15h.

Após o Congresso, foi encenada a ida do presidente ao Palácio do Planalto, para a passagem da faixa presidencial e, por último, o cortejo chegou ao Itamaraty,  onde será realizada uma recepção para convidados e diplomatas.

A previsão é que Bolsonaro chegue ao Planalto às 16h30 e receba a faixa presidencial logo em seguida. Na sequência, deverá fazer um pronunciamento oficial à Nação. A recepção no Itamaraty está prevista para começar as 19h, após Bolsonaro ter recebido os cumprimentos de chefes de Governo e Estado e ter nomeado os novos ministros no Salão Nobre do Palácio do Planalto.

General Heleno

Presente na coletiva de jornalistas, o futuro ministro do GSI, Augusto Heleno também falou sobre a cerimônia de posse. Ao ser questionado sobre a presença de militares à paisana entre o público que deverá comparecer para a posse, Heleno desconversou. “Ações de segurança e de inteligência têm um caráter sigiloso. Outro dia me perguntaram quantos vão ter na esplanada: eu não contei. Falei de brincadeira. E se eu soubesse não diria”, disse.

O futuro ministro também comentou mensagem de Bolsonaro em uma rede social, na qual o presidente eleito disse que pretende garantir por meio de decreto a posse de armas de fogo aos cidadãos sem antecedentes criminais.

O general disse que a liberação do porte de armas era uma das promessas de campanha de Bolsonaro e comparou a liberação com o uso de automóveis. De acordo com Heleno,  desde que a posse seja concedida a quem está habilitado legalmente, ela é semelhante à permissão para conduzir automóveis.

“Ela se assemelha à posse de um automóvel. Muita gente argumenta que a posse da arma vai aumentar a criminalidade. Os dados são muito polêmicos em relação a outros países e se formos considerar o número de vítimas... não vou dizer o número, mas se pegar vai ver que está em torno de 50 mil vítimas de acidentes de automóvel. Se você for considerar isso, vamos proibir o pessoal de dirigir. Ninguém pode sair de casa com o carro, porque alguém está correndo o risco de morrer com um motorista irresponsável”, disse.

Último ensaio para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi feito com um forte esquema de segurança José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil


Edição: Fábio Massalli
Luciano Nascimento – Repórter
Por Agência Brasil

Registro de arma sobe 280%; Bolsonaro promete decreto para facilitar posse

A lei prevê regras para a concessão da posse, caracterizada pela possibilidade de permanência da arma na casa do proprietário ou no estabelecimento comercial

Imagem: Mauro Pimentel/AFP
Imagem: Mauro Pimentel/AFP
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse neste sábado, 29, que pretende “garantir”, por decreto, a posse de arma de fogo para cidadãos sem antecedentes criminais, além de tornar o registro do equipamento definitivo. Especialistas questionam a mudança por decreto sem aval do Congresso, uma vez que afetaria o Estatuto do Desarmamento, lei de 2003.

Na prática, todo cidadão pode pedir a posse à Polícia Federal, se cumpridos alguns requisitos, como ficha criminal limpa e exames de aptidão. O total de registros tem crescido: o salto foi de 280% de 2009 a 2017, chegando a 33 mil licenças no País.

Ao anunciar a medida no Twitter, Bolsonaro não detalhou o decreto que está em planejamento. Duas horas após a publicação, ele voltou à rede social para dizer que “a expansão temporal será de intermediação do Executivo, entretanto outras formas de aperfeiçoamento dependem também do Congresso Nacional, cabendo o envolvimento de todos os interessados”. Já tramitam no Congresso projetos que tentam revogar o estatuto.

A lei prevê regras para a concessão da posse, caracterizada pela possibilidade de permanência da arma na casa do proprietário ou no estabelecimento comercial. O candidato deve se submeter a exames de aptidão psicológica e capacidade técnica, além de apresentar a razão da efetiva necessidade, “expondo fatos e circunstâncias que justifiquem”, explica a PF. Defensores da liberação de armas reclamam da subjetividade desses critérios. 

Ao jornal O Estado de São Paulo, o futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno Ribeiro, disse que o decreto deverá manter as exigências legais, como não ter antecedentes, fazer exame de vista e seguir as regras de registro. “A posse será facultada para quem se submeter às exigências, será mais fácil ter a posse, para o cidadão de bem, que nas regras de hoje”, disse. “É lógico que ninguém vai vender arma na esquina.” 

A decisão de Bolsonaro de manter a facilitação para posse de arma foi tomada após conversa com o futuro ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro. O argumento do futuro governo é garantir a legítima defesa aos cidadãos. Segundo dados obtidos pela Lei de Acesso à Informação, em 2009 a quantidade de registros era de 8.679. Até o ano anterior, ainda vigorava o prazo, previsto pelo Estatuto, de registro de quem já tinha armas irregularmente. O número subiu ano a ano, até atingir pico de 36,8 mil licenças em 2015. 

Também preocupa especialistas o número crescente de registros concedidos pelo Exército a atiradores esportivos. Mudanças nas normas de obtenção e transporte dos equipamentos atraíram milhares de interessados em obter arma e que encontravam dificuldade de obter a liberação via PF. 

Para o diretor executivo do Instituto Sou da Paz, Ivan Marques, esse fenômeno está ligado à onda de descrença da população, com a escalada da violência urbana. “Em situações estáveis, onde o Estado funciona, as pessoas não veem necessidade de ter arma, até porque ela contribui para que a violência aumente”, diz. “É um mito que a arma de fogo é um bom instrumento de defesa.” O risco, para especialistas, é que a facilitação da posse eleve ainda a circulação de armas ilegais.

Expectativa

Despachante e instrutor de armamento há quatro anos, Guilherme Dias diz que a demanda aumentou nos últimos meses, após a eleição. “Muita gente acha que, por ele (Bolsonaro) ter ganhado e ser atirador, vai conceder porte.” Ele conta que hoje atende de sete a oito pedidos de registro por mês. Em 2015, esse número não passava de três.

Pelo serviço, que inclui todos os trâmites exigidos - como valor da arma, treinamento, exames e taxas-, ele cobra cerca de R$ 6 mil a R$ 8 mil. Segundo ele, desde 2017 o interesse tem crescido após a permissão do porte de arma para atiradores esportivos do local de treino até a residência. 

“Este ano aumentou muito (a procura), está movimentado mesmo”, concorda o instrutor e advogado, Mario Viggiani Neto. Para ele, uma mudança na lei deve manter a exigência de provas de capacitação psicológica e de manuseio da arma. “Quem nunca pegou arma não adianta fazer a prova, que não passa. Tem de ter o básico, saber as regras de segurança, como se usa, como se municia. É como uma autoescola.”

O vigilante Danilo Alves, de 28 anos, obteve a posse legal em 2015. “O motivo foi a insegurança pública que a gente vive nesse País. Sempre tive receio de sofrer alguma invasão residencial. Uma arma traz um conforto psicológico.”

Especialistas em Direito Constitucional ouvidos pelo jornal O Estado de São Paulo afirmaram que a proposta do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de alterar o Estatuto do Desarmamento por decreto pode trazer insegurança jurídica e sofrer questionamentos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), André Ramos Tavares afirma que para estabelecer o registro definitivo da posse de arma de fogo, por exemplo, seria preciso aprovar um projeto de lei ou editar uma medida provisória. 

“A lei diz que o registro deve ser renovado periodicamente. Para torná-lo definitivo, é preciso alterar a lei e isso não pode ser feito por decreto. Ele pode dar prazo maior do que os cinco anos que vigoram hoje, mas não tornar definitivo por decreto. Isso traria uma insegurança jurídica para quem tem posse porque a lei continuaria em vigor”.

A advogada constitucionalista Vera Chemim ressalta que qualquer modificação para facilitar a posse de arma também precisa passar por aprovação no Congresso Nacional. “A lei impõe uma série de requisitos para quem quer ter posse de arma, como certidão negativa de antecedentes criminais e comprovação de capacidade técnica. Para alterar esses dispositivos, é preciso passar pelo Legislativo. Um decreto atropelaria o processo democrático”

Ao anunciar a medida no Twitter, Bolsonaro não detalhou o decreto que está em planejamento. Duas horas após a publicação, ele voltou à rede social para dizer que “a expansão temporal será de intermediação do Executivo, entretanto outras formas de aperfeiçoamento dependem também do Congresso Nacional, cabendo o envolvimento de todos os interessados”. Já tramitam no Congresso projetos que tentam revogar o estatuto.

A lei prevê regras para a concessão da posse, caracterizada pela possibilidade de permanência da arma na casa do proprietário ou no estabelecimento comercial. O candidato deve se submeter a exames de aptidão psicológica e capacidade técnica, além de apresentar a razão da efetiva necessidade, “expondo fatos e circunstâncias que justifiquem”, explica a PF. Defensores da liberação de armas reclamam da subjetividade desses critérios. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Fonte: Estadão Conteudo
Por: AE
Via: Diário de Pernambuco

Jovem é presa ao tentar entrar no Cotel com droga escondida em embalagens de alimentos

Prisão em flagrante aconteceu neste domingo (30). Segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, foram apreendidos 6,6 quilos de maconha com a mulher.

Droga foi apreendida na manhã deste domingo (30) no Cotel, em Abreu e Lima, no Grande Recife — Foto: Sindasp-PE/Divulgação
Droga foi apreendida na manhã deste domingo (30) no Cotel, em Abreu e Lima, no Grande Recife — Foto: Sindasp-PE/Divulgação
Uma jovem de 19 anos foi presa em flagrante por tráfico de drogas ao tentar entrar no Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife, com maconha escondida em embalagens de alimentos e produtos de limpeza.

O caso aconteceu na manhã deste domingo (30), por volta das 7h30. De acordo com a Polícia Civil, Rebeka Victoria dos Santos foi abordada por agentes penitenciários durante a revista, quando a droga foi encontrada.

A corporação não divulgou a quantidade de entorpecente, mas o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE) informou que foram apreendidos 6,6 quilos de maconha com a mulher.

“Ela tem carteira de visitação do detento Guilherme Rodrigues do Nascimento, com quem tem união estável”, informou a Polícia Civil, por meio de nota. A jovem foi levada para a Delegacia de Paulista e a corporação abriu inquérito para investigar o caso.

O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Ressocialização de Pernambuco (Seres) para solicitar nota sobre o caso e aguarda resposta.


Por G1 PE

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Reforma administrativa em Pernambuco é aprovada por unanimidade pela Alepe

Projeto de Lei proposto pelo governador Paulo Câmara cria, extingue e integra secretarias. Ao todo, 39 dos 49 deputados estaduais votaram na tarde desta quarta (26).

Ao todo, 39 dos 49 deputados da Alepe aprovaram o projeto de reforma administrativa do governo de Pernambuco — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press
Ao todo, 39 dos 49 deputados da Alepe aprovaram o projeto de reforma administrativa do governo de Pernambuco — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press
Os deputados estaduais de Pernambuco aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei que prevê a reforma administrativa do poder Executivo, proposto pelo governador Paulo Câmara (PSB). 

A votação ocorreu na tarde desta quarta-feira (26), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Dos 49 parlamentares, 39 estavam presentes na sessão. Todos os deputados aprovaram as propostas, inclusive os da oposição.

Entre as alterações está a criação das secretarias de Políticas de Prevenção às Drogas e de Infraestrutura e Recursos Hídricos. Esta última, por sua vez, incorpora a Secretaria de Transportes. Já a Secretaria de Esportes será incorporada à Secretaria de Educação.

Há, ainda, a união das secretarias das Cidades e de Habitação, que passam a se chamar Secretaria de Desenvolvimento Urbano. A Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária sofre mudanças apenas na nomenclatura, passando a se chamar Secretaria de Desenvolvimento Agrário. Confira como fica o quadro de secretarias com as mudanças:

  • Secretaria da Casa Civil
  • Secretaria da Controladoria Geral do Estado
  • Secretaria da Fazenda
  • Secretaria da Mulher
  • Secretaria de Administração
  • Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação
  • Secretaria de Cultura
  • Secretaria de Defesa Social
  • Secretaria de Desenvolvimento Agrário
  • Secretaria de Desenvolvimento Econômico
  • Secretaria de Desenvolvimento Urbano
  • Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude
  • Secretaria de Educação
  • Secretaria de Imprensa
  • Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos
  • Secretaria de Justiça e Direitos Humanos
  • Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade
  • Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação
  • Secretaria de Planejamento e Gestão
  • Secretaria de Política de Prevenção às Drogas
  • Secretaria de Saúde
  • Secretaria de Turismo e Lazer

O projeto foi aprovado em primeira e segunda votações nesta quarta (26) e segue para redação final na quinta (27). A previsão é de que, no mesmo dia, com a aprovação da redação final, o projeto siga para sanção do Executivo.

De acordo com o líder da situação, o deputado Isaltino Nascimento (PSB), a medida vai gerar cortes de cargos comissionados e de funções gratificadas. “Foram cortados 46 cargos comissionados e 700 cargos de função gratificada, exclusivo para servidores. A estrutura das novas secretarias também terá menos cargos comissionados. Isso será votado na redação final”, afirma.

O deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da oposição, alega que a aprovação do projeto teve o objetivo de ajudar Pernambuco. "Através dessa nova roupagem de secretarias, acreditamos que o governo possa fazer uma melhor gestão do que fez nesses últimos quatro anos", diz.

Aumento salarial no Judiciário

Na mesma sessão, também foram aprovados aumentos de salário para o Poder Judiciário. Com a decisão, os servidores e os ocupantes de cargos comissionados têm um reajuste de 2% sobre o salário de outubro de 2018, pago em março de 2019, e mais 4% sobre o salário de março de 2019 pago a partir de abril do mesmo ano.


Por G1 PE e TV Globo

Ponto do Bem Hildebrando Capistrano, presenteando os Bebês da Creche Municipal Raimundo Nunes da Costa

Agradecimento pelas doações


Ponto do  Bem Hildebrando Capistrano,
agradece mães da creche municipal criança feliz e a Escola Municipal José Araújo da Silva na pessoa de Estela Souza Ferraz Vital Ferraz( Gestora) pelas doações de roupas e calçados.

Deus recompense á cada um de vocês,
Deus vos abençoe ricamente.


Ponto do Bem Hildebrando Capistrano 
Presenteando os Bebês da Creche Municipal Raimundo Nunes da Costa (Nonato)

Representantes: Jacira Capistrano, Fagner e José Aílton Capistrano.
Valeu!!!!!

Obg pela oportunidade  Lucilene Cavalcante( Gestora).
Muitas Palmas para O seu trabalho ( Equipe): veja fotos:






Esplanada será fechada a partir do dia 29 para preparativos da posse

No domingo (30), as vias paralelas à Esplanada (N2 e S2) também serão interditadas

Esplanada será fechada a partir do dia 29 para preparativos da posse
© Marcello Casal Jr. / Agência Brasil
A Esplanada dos Ministérios será interditada para trânsito de veículos, de 29 de dezembro até 1º janeiro, devido aos preparativos da posse do presidente Jair Bolsonaro. No domingo (30), as vias paralelas à Esplanada (N2 e S2) também serão interditadas, segundo a Secretaria de Polícia do Senado. Nesse dia, será realizado um ensaio geral da posse.

No dia 1º, o acesso à Esplanada será possível a pé, apenas a partir da Rodoviária do Plano Piloto. Todas as pessoas serão revistadas pela Polícia Militar do Distrito Federal. Quem estiver com mochila não poderá ultrapassar a barreira montada pela segurança do evento.

De acordo com a Polícia do Senado, o gramado em frente ao Congresso Nacional será parcialmente interditado até a Alameda das Bandeiras, pois serão colocados no local canhões para a salva de tiros de canhão que faz parte da cerimônia oficial. Nesse trecho, apenas duas áreas laterais, na parte menos inclinada, poderão ser ocupadas pela população.

Acesso

A partir do dia 30, o acesso ao Senado será feito pela via N3, na entrada próxima à Embaixada da Palestina. Nos dias 31 e 1º de janeiro, haverá transporte entre a Rodoviária do Plano Piloto e o Senado para os colaboradores da Casa. Horários e locais de embarque e desembarque ainda estão sendo definidos.

Nesses dias, somente os estacionamentos do Sistema Integrado de Saúde (SIS), Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e Secretaria de Comunicação Social (Secom) poderão ser utilizados.

Carros oficiais dos senadores em exercício, com chapa bronze, poderão passar pelo bloqueio na Esplanada até as 14h do dia 1º de janeiro, dia da posse, para permitir o desembarque na Chapelaria do Congresso Nacional. Veículos particulares, de aluguel, além de táxi e Uber, não poderão passar pelos bloqueios.

No dia da posse presidencial, a entrada de servidores do Senado e jornalistas se dará exclusivamente pela portaria do Bloco B do Anexo 2, na via N2. Todos passarão pelos controles de pórticos detectores de metal e raios X, com exceção dos parlamentares em exercício.


POR NOTÍCIAS AO MINUTO

sábado, 22 de dezembro de 2018

Ambulância capota, bate em veículos e deixa três mortos e três feridos no Grande Recife

Acidente aconteceu na BR-232, em Moreno. Segundo a PRF, morreram um paciente que estava sendo socorrido no veículo e dois funcionários que se encontravam na estrada.

Acidente com ambulância em rodovia federal deixou três mortos no Grande Recife  — Foto: PRF/Divulgação
Acidente com ambulância em rodovia federal deixou três mortos no Grande Recife — Foto: PRF/Divulgação
Um acidente de trânsito envolvendo uma ambulância, na tarde desta sexta-feira (21), deixou três pessoas mortas e três feridas, no quilômetro 22 da BR-232, em Moreno, no Grande Recife. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista perdeu o controle, capotou e bateu em uma caminhonete em um carro, que faziam um serviço de internet no local.

Ainda de acordo com a PRF, morreu no local o paciente da ambulância, identificado como Severino Cândido da Silva, que estava sendo levado do município de Terezinha, no Agreste, para um hospital do Grande Recife. Informações preliminares dão conta de que ele teria sofrido um infarto.

Também morreram dois funcionários de uma empresa de internet. Eles chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Curado, na Zona Oeste do Recife.

Ambulância colidiu na traseira de um carro e de uma caminhonete em acidente em Moreno, no Grande Recife — Foto: PRF/Divulgação
Ambulância colidiu na traseira de um carro e de uma caminhonete em acidente em Moreno, no Grande Recife — Foto: PRF/Divulgação
De acordo com a unidade de saúde, os homens foram identificados identificados como Eugênio da Silva, de 54 anos, e Otávio Júnior da Silva, de 26 anos. A UPA informou, ainda, que eles deram entrada às 14h30, já sem vida.

De acordo com os bombeiros, além do paciente que morreu, mais três pesoas estavam na ambulância que capotou. Eram o motorista, uma enfermeira e uma filha do doente.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou todos ficaram feridos e foram levados para o Hospital da Restauração (HR), no Recife.

Caminhonete de empresa de internet foi atingida durante colisão na BR-232, no Grande Recife; dois funcionários morreram — Foto: PRF/Divulgação
Caminhonete de empresa de internet foi atingida durante colisão na BR-232, no Grande Recife; dois funcionários morreram — Foto: PRF/Divulgação

Por G1 PE

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Novo golpe no WhatsApp promete 'retrospectiva 2018', mas rouba dados

Criminosos também visam gerar lucro com publicidade online

Novo golpe no WhatsApp promete 'retrospectiva 2018', mas rouba dados
© Reuters
Um novo golpe no WhatsApp promete uma "Retrospectiva 2018" com "fotos antigas, status e conversas" trocadas com amigos durante este ano. Na verdade, segundo o dfndr lab, da PSafe, o link enviado por mensagem leva o usuário do aplicativo para páginas de propaganda ou roubo de dados. Mais de 339 mil vítimas foram feitas em apenas 16 horas.

Como explica o 'Olhar Digital', com informações do dfndr lab, o objetivo da mensagem é gerar lucro com publicidade online. Em alguns casos, o link também leva a vítima a páginas com falsas promoções, que solicitam dados pessoais.

Para se proteger, desconfie de links que recebe pelo WhatsApp, mesmo que sejam enviados por pessoas conhecidas, e evite compartilhar informações pessoais. O mensageiro não oferece nenhuma ferramenta oficial para retrospectivas.


POR NOTÍCIAS AO MINUTO

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

MINHA ETERNA GRATIDÃO: São palavras de agradecimento de Josimere capistrano as jovens Samara e Jaqueline


Obrigada Samara e Jaqueline por tudo que fizeram pela minha irmã Gezonilda Capistrano.

Grata pelo tempo ofertado a ela pelos cuidados.

Ainda que faça alguma coisa por vocês, será pouco! Mas oro que Deus as recompense  e abençoe ricamente.

A minha irmã  agradecia a Deus por ter vocês.

DEUS AS ABENÇOE RICAMENTE.

GRATIDÃO!... GRATIDÃO!... GRATIDÃO!...


Josimere Capistrano

PETROLÂNDIA-PE: Homenagem a Gezonilda Capistrano (in memoriam) por sua irmã Josimere Capistrano

Saudades de Alguém mais que Especial

Josimere Capistrano e Gezonilda Capistrano (in memoriam)
A minha pequena companheira, minha querida irmã e parceira do Bem se foi. Mas nunca, nunca deixarei de te amar; de lembrar das nossas traquinagens; das nossas ações solidárias.

Você era especial para muitos; especial para mim. Alguém bom para lembrar. Esquecer você jamais, nem que eu desejasse, eu iria conseguir, pois você é alguém que marcou, você me deixou uma marca de amor. 

Estou triste sim! Afinal não é bom perder alguém que nos faz bem. Muito bem! Combina com você. "Você era do Bem!" E fará muita falta. Eu vou continuar aqui, com muitas saudades de você. 

Você partiu, mas estou em paz, essa paz é Divina, e é Ele, Deus, quem está me fortalecendo para suporta a sua ausência. E a Ele, estou pedindo força, para fortalecer meu coração, que sente imensas saudades de Alguém mais que Especial, Você! 

Saudades!

Josimere Capistrano

Via: Blog Sertão News Petrolândia